domingo, 30 de novembro de 2008

De novo

Simplesmente esqueço o que se passou a exatamente 1s,e de novo...
De novo consome tudo,dor,tempo,senso,palavras
do nada parece que querem saltar aos meus olhos,gritar na minha frente,"Nao dá pra tocar é irreal!"
Então volta e toma mais lembranças,memória que agora me causa convulsão.
Outras me trazem loucura que a cada dia me toma,cada segundo....quando vejo tomou-me por completo.
De pronto todas se "vão" e fica o nada
o nada toma forma,realiza-se em gritos surdos .

Um comentário:

ReadBack disse...

Eu iria arriscar dizer, que achei esse o melhor de seus textos...
mas não seria verdade.

Gosto muito do que escreve...